WIFI 6 | Wi-fi 6 | Wifi 6e | Wi-fi 6e

WIFI 6: Descubra tudo que você precisa saber!

O Wifi 6 é uma resposta aos desafios de tecnologia que a transformação digital cada vez mais impõe aos ambientes corporativos. Afinal, quantas inovações a mais virão?

E quanto à compatibilidade? Dá para um elemento da minha rede funcionar em velocidade máxima e o outro não? Como aumentar cada vez mais as portas digitais sem perder segurança?

Enfim, são muitas perguntas, mas você como gestor de excelência deve estar sempre em busca das respostas e não é só isso. Você precisa se antecipar a todas essas demandas. Vamos conhecer o Wifi 6 então?

O que é WIFI 6?

O Wifi 6 é a última geração de redes sem fio, desenvolvida para proporcionar a mais alta velocidade do mercado e com a máxima distância permitida. Tudo isso é feito para que as empresas conquistem maior produtividade e consigam entregar mais valor para os seus clientes.

A tecnologia foi desenvolvida também para ser compatível com diversos dispositivos, podendo suportá-los em grande quantidade sem que a velocidade, a qualidade e a segurança de conexão sejam perdidas. Dentre os diversos atributos de qualidade, podemos citar:

  • transmissão sem atraso;
  • uso do 1024-QAM para sinais com mais dados;
  • canal de 160 MHz, mais amplo para acelerar a conexão;
  • 4 vezes mais capacidade para mais dispositivos;
  • ideal para redes congestionadas.

Originalmente, a nomenclatura definida para essa tecnologia é 802.11ax. No entanto, essa definição seguia o mesmo modelo das gerações anteriores e dificultava a compreensão de profissionais não especialistas. Assim surgiu a denominação Wifi 6 para facilitar o entendimento e a adesão.

E o que é o WIFI 6E?

Já o Wifi 6e é o mais novo padrão de redes wireless. Com essa tecnologia é possível suportar frequências de 6 GHz, além dos 2,4 GHz e 5 GHz permitidos na versão anterior.

O objetivo é reduzir problemas de congestionamento nas redes e permitir acesso a mais canais de transmissão, melhorando a condição das redes wireless em situações de sobrecarga. Segundo a Wi-Fi-Alliance, essa tecnologia permite 14 novos canais de 80 MHz e 7 de 160 MHz.

Podemos afirmar que o padrão Wifi 6e é melhor que o Wifi 6 primeiramente por conta da adição da frequência de 6 GHz, que significa um diferencial competitivo muito importante na implementação de uma infraestrutura de redes wireless.

Outro aspecto refere-se à performance notadamente superior, especialmente em conexões de curta distância, pela oferta de 1.200 MHz adicionais.

Quais são as principais gerações de Wifi?

Para que você tenha uma noção mais precisa dos avanços obtidos até essa geração, separamos um pequeno resumo de todas as variações anteriores. Confira.

1ª Geração – 802.11b (1999)

O primeiro modelo consistente de redes wifi nasceu em 1999. O alcance máximo  do padrão 802.11b era de 100 metros em ambientes fechados e 180 metros em áreas abertas. A velocidade alcançava a máxima de 11 Mbits/s, a uma frequência de 2,4 GHz

2ª Geração – 802.11a (1999)

Ainda em 1999 surgiu o modelo  802.11a com a capacidade de 11 Mbps. Esse padrão trabalha em uma frequência de 5GHz. O desenvolvimento desse modelo iniciou antes do anterior, porém foi concluído depois.

3ª Geração – 802.11g (2003)

Esse padrão surgiu em 2003. Teoricamente, a proposta do 802.11g era entregar uma velocidade de 54 Mbs e manter a frequência de 2,4 GHz do padrão anterior. No entanto, as diversas interferências de desempenho em redes wireless como ar, vento e outras, faziam a velocidade ser muito menor.

4ª Geração – 802.11n (2009)

O padrão 802.11n foi desenvolvido em 2009 e manteve algumas características dos padrões antecessores como frequência de 2,4 GHz e 5 GHz, mas com velocidades em 100 Mbps ou superior e com maior alcance.

5ª Geração – 802.11ac (2014)

De 2014 para cá, surgiu um padrão mais consistente e propício à implementação de tecnologias wireless em ambientes corporativos. O modelo 802.11ac permitiu uma velocidade de até 1.300 Mbps a uma frequência de 5GHz.

Já nessa tecnologia, houve uma possibilidade mais concreta e viável de transmissão de vídeos em Full HD e com tecnologia 3D. A distância máxima nesse padrão alcança 200 metros.

6ª Geração – 802.11ax (2019) ou Wifi 6

Então em 2019 surgiu o 802.11ax conhecido como Wifi 6 e desenvolvido para entregar a mais avançada tecnologia de conexão em ambientes wireless.

Um ponto interessante dessa geração é que adotou um novo modelo de nomenclatura para melhorar a compreensão e a aceitação da nova tecnologia. Sendo assim, está sendo difundida a denominação Wifi 6 em vez de 802.11ax.

7ª Geração – 802.11ax (extension) ou Wifi 6E

O grande trunfo do Wifi6E é a utilização da faixa de 6,0GHz que irá permitir maior transferência de dados e menor interferências e faixas congetionadas.

Um ponto de observação aqui é que os benefícios do WIFI 6E só serão percebidos quando existirem dispositivos compatíveis com essa tecnologia, como computadores, smart TVs, tablets e smartphones, por exemplo.

Como funciona?

A tecnologia Wifi 6 utiliza ondas de rádio para transferir informações pela internet. Essa funcionalidade já era adotada pelas gerações anteriores. Entretanto, na prática os outros modelos não conseguiam entregar uma velocidade significativa nesse meio.

Em condições normais de operação, a rede Wifi 6 consegue entregar velocidades até superiores a 1.200 Mb/s. Agora um ponto fundamental para que essa rede entregue a excelência proposta é que o conjunto de equipamentos seja totalmente compatível.

Dessa forma, caso você pense em implementar a tecnologia Wifi 6, não conseguirá a performance esperada se não tiver aparelhos com essa compatibilidade.

Diante disso, é fundamental que você considere a análise dos requisitos de hardware para adquirir equipamentos de forma correta. Duas tecnologias são consideradas centrais para o funcionamento do Wifi 6. Veja agora quais são elas.

MU-MIMO

A tecnologia MU-MIMO (Multi-Usuário, Entrada Múltipla, Saída Múltipla) é encontrada em alguns dos roteadores e dispositivos mais modernos. Essa funcionalidade é essencial para comunicação de aparelhos, fazendo com que eles consigam operar em alta velocidade e sem interferências.

Veremos à frente, que a rede Wifi 6 consegue manter uma velocidade de até 9,6 Gbps em até 8 dispositivos diferentes. Considerando que a geração anterior conseguia integrar apenas 4 aparelhos e em uma velocidade muito menor, o Wifi 6 dobra as expectativas não só em qualidade, mas também em quantidade.

OFDMA

Outra base tecnológica para o perfeito funcionamento da tecnologia wifi 6 é o OFDMA (Acesso Múltiplo por Divisão de Frequência Ortogonal). Essa funcionalidade permite que todos os aparelhos entreguem a velocidade e a qualidade de conexão em concomitância.

Assim, diversos serviços podem ser realizados ao mesmo tempo por canais e meios diferentes de trabalho. Logicamente que isso impacta diretamente na produtividade corporativa.

Qual a relação entre Wifi 6 e 5G?

Essas duas tecnologias representam o que há de mais novo no mercado em termos de inovação de conexão. Um ponto do 5G é que já encontramos diversos dispositivos com essa possibilidade, no entanto, ela não é alcançada por conta da limitação da rede wifi.

Nesse ponto, o Wifi 6 se torna a próxima chave de evolução para que usuários consigam finalmente uma conexão altamente veloz e estável para games, instalações corporativas e outras funcionalidades. Sendo assim, é importante que você tenha um mindset em relação a essas duas tecnologias. Entenda as principais bases dessa compreensão.

Wifi 6 e Private 5G são soluções complementares

O objetivo de ambas as tecnologias é proporcionar grandes velocidades e capacidades e suportar ambientes de IoT densos, permitindo aplicativos imersivos para o trabalho atual, mais híbrido e exigente. Tudo isso deverá promover:

  • experiências imersivas;
  • suporte a novos aplicativos de trabalhos e casos de uso;
  • ambiente IoT mais seguro e escalável;
  • alto rendimento;
  • baixa latência;
  • alta capacidade;
  • eficiência;
  • resiliência; e
  • agilidade.

Wifi 6 e Private 5G trabalham em conjunto para suportar diferentes casos de uso

É bastante complexo prever o futuro do uso de conexões em ambientes 5G, por conta do potencial de inteligência de dispositivos proposto. Nesse caso, as duas tecnologias deverão convergir para oferecer melhor suporte de operação.

Em espectro dedicado ou compartilhado, o 5G private oferecerá uma cobertura de grande alcance, interna ou externamente, gerando uma capacidade considerável para altas taxas de transferência.

Já o Wifi 6 permitirá em espectro compartilhado uma cobertura de alta capacidade e taxa de transferência, porém em curto alcance, principalmente em ambientes internos.

Funcionamento estável da IoT em conexão Wifi 6

Sem a rede Wifi 6, você estará muito mais sujeito a problemas de conexão no uso de tecnologias IoT. Nesse ponto, a função do Wifi 6 é proporcionar mais largura de banda para conectar mais IoTs. Além disso, é possível:

  • obter maior taxa de transferência para experiências mais reais e eficientes em videoconferências;
  • maior velocidade de trabalho;
  • colaboração em tempo real;
  • eliminação de atrasos de comunicação.

Complementaridade para maior flexibilidade às organizações empresariais

Um sem o outro dificilmente entregará um serviço realmente mais avançado. Nesse sentido, o 5G private ajuda a fornecer mais flexibilidade para as empresas, proporcionando:

  • conexões ultra confiáveis e de baixa latência;
  • qualidade e velocidade mesmo em espaços muito grandes;
  • valor para endpoints de movimento rápido;
  • exatidão e precisão de operação.

Geram novas oportunidades ao mercado

As duas tecnologias combinadas podem proporcionar ao usuário vislumbrar novas tecnologias para atender demandas muito específicas ou técnicas e conseguir entregar resultados mais próximos do real. Essas duas tecnologias juntas podem impactar positivamente os setores:

  • de saúde permitindo conexões mais estáveis e comunicação eficaz e rápida;
  • de educação permitindo uma experiência virtual muito mais próxima do real com acessos de alta qualidade;
  • operação em baixa latência no setor industrial; entre outros.

Quais os principais benefícios?

Apesar da excelente expectativa em torno das tecnologias Wifi 6, é provável que a implementação em ambientes corporativos demore um pouco mais. Nesse caso, a iniciativa de implementação pode gerar um importante diferencial competitivo para o seu negócio em curto prazo.

Há diversos benefícios abarcados na tecnologia Wifi 6. Além da vantagem natural da eliminação de fios na infraestrutura de rede, o modelo entrega uma velocidade significativa para o trabalho. Veja agora os principais benefícios de forma resumida.

Mais velocidade de conexão

O aumento em relação às gerações anteriores é muito significativo. A capacidade do Wifi 6 gira em torno de 9,6 Gbps, ou seja, 3 vezes mais do que a geração antecessora. Um conjunto de funcionalidades permitiu que esse aumento fosse efetivo como:

  • sistema avançado de codificação de dados;
  • maior quantidade de blocos compactados nas mesmas ondas de rádio;
  • chips mais potentes para codificação e decodificação dos sinais;
  • compatibilidade com as frequências 2,4 GHz e 5 GHz.

Maior quantidade de dispositivos conectados

Um grande problema enfrentado pelas gerações anteriores era a baixa performance com o aumento de dispositivos ligados à rede. Essa limitação é um ponto de atenção importante para implementações corporativas que exigem grandes quantidades de equipamentos conectados. Nesse sentido, o Wifi 6 impõe a manutenção da velocidade de 9,6 GHz para cada dispositivo, mesmo com até 8 aparelhos conectados.

Essa possibilidade é permitida pela tecnologia Orthogonal Frequency Division Multiple Access, classificando um canal sem fio em diversos subcanais. Sendo que cada subcanal desse tem capacidade para transportar dados para dispositivos diferentes, obtendo a mesma taxa de transferência, porém com maior resistência a interferências de sinal.

Mais abrangência de locais

A possibilidade de implantação de mais antenas em um mesmo dispositivo foi alcançada por meio da otimização da tecnologia MIMO (Multiple Input Multiple Output). Com isso, foi garantida a qualidade de comunicação entre os aparelhos.

Além disso, a melhoria proporciona a implementação do padrão de rede em locais públicos com maior qualidade de conexão. O Wifi 6 leva uma conexão muito mais potente em grandes ambientes como:

  • supermercados;
  • shoppings; e
  • aeroportos.

Videoconferências 4k mais seguras e eficientes

A transformação digital já impactava todos os segmentos corporativos quando a pandemia de COVID-19 acelerou todas as adesões e implementações.

Nesse cenário, o modelo home office conquistou uma força extraordinária e as videoconferências ganharam um contorno central para a condução de trabalho de diretorias.

A proposta do Wifi 6 nesse ponto é entregar um serviço sem interferências de navegação, sem travamentos e com suporte aos principais dispositivos de comunicação.

Melhor base para tecnologias IoT

Para quem conhece as tecnologias IoT (Internet of Things) sabe que o uso de dispositivos inteligentes se tornou muito estratégico com essa funcionalidade.

No entanto, um entrave importante ocorria para objeções ao uso dessas tecnologias: a capacidade de conexão de internet e a estabilidade da rede. Com o Wifi 6, isso foi resolvido.

Assim, o gestor de TI pode abarcar essas tecnologias com maior facilidade e repensar suas estratégias orientadas a dados e a infraestrutura para otimização de serviços e aumento de produtividade.

Economia de bateria

Outra tecnologia embarcada ao Wifi 6 é o Target Wake Time, que funciona como um meio para permitir que os dispositivos fiquem em modo standby durante uma comunicação.

Esse recurso, estende o período útil da bateria e gera benefícios indiretos como economia de energia e de custos. Além disso, a funcionalidade permite que roteadores programem horários de verificação de status de dispositivos.

Nesse caso, os dispositivos entram em modo de hibernação e só entram em operação, gastando energia quando a rede de transmissão é acionada. Tudo isso é feito de forma automática.

Redução de interferências

As interferências sempre foram um problema sério para a qualidade de conexões wireless. Nesse ponto, o wifi 6 foi desenvolvido para contar com o recurso de Base Service Station (BSS) Color.

Por meio dessa tecnologia é possível reduzir significativamente as interferências, por meio da identificação de sinais vizinhos com cores diferentes para facilitar a visualização.

O objetivo da identificação de cores é não recorrer a barreiras físicas para encontrar interferência. Sendo assim, de um modo inteligente, o sistema consegue visualizar e eliminar interferências.

Mais segurança de conexão

Outro ponto de atenção para qualquer gestão de TI é o aumento da insegurança em ambientes digitais não só por conta da transformação digital, mas da evolução desordenada gerada pela pandemia de COVID-19.

Além disso, a própria tecnologia IoT assumiu um nível de insegurança por conta do grande número de interconexões de dispositivos e a baixa capacidade de controle.

Já a tecnologia Wifi 6 integra diversas funcionalidades essenciais para que a segurança seja garantida no ambiente digital. Destacamos entre as várias tecnologias de base para o funcionamento dessa geração:

  • MIMO;
  • TWT;
  • OFDMA; e
  • a criptografia WPA3.

Com isso, o trabalho para hackear pontos privados de acesso fica muito mais complexo para usuários mal intencionados. Outra tecnologia nessa linha de segurança é o Open Roaming Consortium.

Essa funcionalidade é fundamental para que o usuário não necessite realizar login em cada rede wireless, já que os dispositivos conseguem migrar com facilidade e segurança em diversas redes de acesso.

Por que o Cat6A é considerado o requisito estrutural para a implementação do WIFI 6?

Normalmente, quando uma nova tecnologia como essa surge no mercado, ela tende a aceitar alguns dispositivos e equipamentos antigos. No entanto, a capacidade de conexão acaba sendo limitada ao potencial desses dispositivos.

É como se você estivesse em uma estrada que permitisse velocidade máxima de 200 quilômetros por hora, mas com um veículo limitado até 120 quilômetros por hora.

Nesse raciocínio, não faria sentido ter uma rede altamente veloz se os seus equipamentos não atingem essa velocidade. E é aí que entra a importância do Cat6A para a implementação de Wifi 6. Veja agora os principais motivos.

Tipos de Categorias de Cabo de Rede Cat5e, Cat6, Cat6A. Fonte: Furukawa

Conectividade

A conectividade segue basicamente a mesma linha de velocidade, porque não adianta você ter uma rede que permite diversos dispositivos conectados como o Wifi 6, se você não tem um cabeamento estruturado como o Cat6A que permite diversas conexões de pessoas ao mesmo tempo em um único ponto de acesso. A ideia é garantir:

  • velocidade de acesso;
  • confiabilidade de acesso; e
  • conexão múltipla com a mesma qualidade.

Dessa forma, diversos usuários podem acessar o mesmo canal e realizar operações mais pesadas sem impactar na conexão do outro. Ou seja, enquanto um usuário assiste a um vídeo de 4K, o outro pode jogar um game pesado para rodar, o outro pode assistir um filme e assim sucessivamente, sem que a qualidade da conexão caia.

Outro ponto crucial nesse raciocínio é que o cabeamento deve ser robusto, durável e capaz para atender aplicações multigigabit. Então, somente a categoria 6 suporta taxas de transmissão de 2,5 Gbps, 5 Gbps e 10 Gbps em distâncias de até 100 metros, sem restrições de instalação.

Conforme a tecnologia for avançando, os equipamentos permitirão em conjunto com a infraestrutura, realmente atingir na prática a velocidade teórica de 10 Gbps. Com isso, espera-se que cada ponto de acesso WIFI 6 exija no mínimo duas conexões de Categoria Cat6A.

Temperatura

Um dos principais pontos de atenção para a performance do cabeamento é a temperatura suportada. O cabeamento de categoria 6A tem maior condutor de cobre, além da blindagem o do diâmetro que são maiores do que seus antecessores.

Essas características são fundamentais para que o calor seja dissipado e não cause interferências significativas no desempenho da transmissão de dados.

PoE

As soluções Cat6 são as mais indicadas para aplicações PoE (Power over Ethernet). Essa funcionalidade consiste no envio de energia elétrica pelo cabeamento.

Esse aspecto é mais um referencial em relação à temperatura dos cabos, já que essa geração de calor proporcionada pelo envio de energia elétrica impacta negativamente na performance e no desempenho da transmissão de dados.

Nesse sentido, a implementação de cabeamento Cat6A pode funcionar como uma preparação para instalação de uma infraestrutura completa de Wifi 6.

Outros motivos

Poderíamos aqui elencar diversos motivos para a escolha do cabeamento Cat6A em projetos Wifi. Além de alta capacidade e velocidade, essa categoria pode ser útil para:

  • maior largura de banda para mais velocidade, flexibilidade e desempenho;
  • manutenção da compatibilidade com versões anteriores;
  • uso em ambientes industriais de alta complexidade;
  • redução da diafonia por meio de torções mais apertadas e melhor isolamento;
  • otimização da relação custo benefício na implementação de redes wifi.

Portanto, para que a sua empresa saia na frente é importante ter a sua infraestrutura de cabeamento estruturado preparada para suportar essas mudanças como o Wifi 6. E a boa notícia é que existem soluções de conectividade da Furukawa, alcançada através de integradores credenciados em sua região, como a Nasa Tecnologia.

Agora sim você tem um ótimo resumo, completo e atualizado para tomar decisões de forma segura e competente em relação à implementação de tecnologias Wifi 6.

Decisões como essa devem ser muito bem pensadas e estruturadas por conta do alto investimento. Assim, o ideal é que você tenha o melhor domínio da tecnologia para não cometer erros.

Neste post, você conheceu tudo que precisa saber sobre a última geração de tecnologia Wifi 6. Conceito, funcionamento e vantagens foram detalhadas ao longo do artigo.

Quer continuar em conhecimento. Domine Wifi 6, cabeamento estruturado, transformação digital e qualquer assunto relevante sobre gestão de TI.

Assine nossa newsletter e não perca mais nenhum conteúdo!

Outros artigos que podem ajudar a sua Empresa:

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

2 Comentários

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Vamos fazer o seu projeto acontecer!

Para conversar sobre a sua empresa ou projeto, solicitar um orçamento e parcerias!

De acordo com a lei 12.965/2014 e 13.709/2018, autorizo a Nasa Tecnologia a enviar comunicações por e-mail ou qualquer outro meio informado e concordo com a sua política de privacidade.