E-mail Corporativo

Cibersegurança para Empresas: Uso de e-mail Corporativo

Cuidar da cibersegurança para empresas é um grande desafio. Afinal, estamos falando sobre uma série de pontos que merecem atenção e, consequentemente, podem impactar severamente o funcionamento da organização. Um dos pontos que merece atenção é o uso do e-mail corporativo.

Utilizado como uma das principais formas de comunicação e troca de informações no dia a dia, ele também é altamente visado pelos hackers em seus ataques. Por isso, é fundamental que você  saiba como proteger suas ações no uso do e-mail corporativo. Separamos as principais informações sobre o tema a seguir. Boa leitura!

Por que tomar cuidado com o e-mail corporativo?

O e-mail corporativo é ainda uma das principais formas de comunicação nas organizações, principalmente, para trocas de documentos entre pessoas e, assim, fazer circular informações importantes entre os membros. Diante disso, eles também são muito visados por cibercriminosos que, justamente, buscam acesso a essas informações para casos de espionagem corporativa.

Além disso, o acesso ao e-mail corporativo também permite aproveitar uma série de vulnerabilidades para gerar ações de intrusão e, assim, poder proporcionar uma série de ações, entre elas, fraudes financeiras em nome da empresa ou ter acesso a dados sensíveis dos clientes e, assim, potencializar ainda mais as ações.

Por exemplo, com uma tentativa de phishing, é possível que uma pessoa ofereça dados importantes sobre a empresa acreditando que era uma comunicação legítima e, assim, expor o negócio frente aos concorrentes (por exemplo, oferecendo o login e senha de banco de dados importantes do negócio).

Por isso é tão importante proteger o e-mail corporativo: em primeiro lugar, ele é um ponto importante de comunicação da empresa e, portanto, problemas aqui podem oferecer acesso para que hackers possam obter informações indevidas e, ao mesmo tempo, também proporcionar ações intrusivas nos dispositivos da empresa. Assim, é fundamental ter todos os cuidados necessários no dia a dia.

Por que devo treinar os colaboradores com relação ao uso de e-mail corporativo?

Uma das principais formas de acesso de hackers a ações inadequadas no e-mail corporativo é, justamente, por meio de falhas humanas. Neste caso, o acesso a um link malicioso enviado por uma comunicação no correio eletrônico pode ser a porta de entrada para que um hacker consiga ter sucesso em sua ação.

Por exemplo, um cibercriminoso envia um e-mail para sua empresa que parece legítimo (tentativa de phishing) e convence um profissional despreparado a acessar um link e baixar um arquivo que pode estar infectado com um malware (como um ransomware).

A partir dessa ação gerada por uma falha humana, toda a segurança da empresa pode estar em xeque. Por isso, é tão importante treinar seus profissionais para essas questões no dia a dia. A partir disso é possível que eles identifiquem tentativas de fraude e não caiam nessas ciladas no dia a dia, evitando problemas.

Esse treinamento precisa ser constante e periódico, já que temos diversas ações que começam a surgir e precisa, assim, ser atualizado constantemente sobre as medidas para evitar problemas desta natureza.

Em resumo a sua empresa ganha quando seus colaboradores estudam esse tema:

  • Menor risco de invasão de e-mails corporativos;
  • Redução das possíveis perdas de dados confidenciais de funcionários, clientes e parceiros;
  • Menor risco de infecção da rede corporativa por malwares;

Quais são as principais ameaças ao e-mail corporativo?

Para saber como prevenir os problemas e trazer ações de cibersegurança para empresas, principalmente, no uso de e-mail corporativo, é importante conhecer as principais ameaças. Saiba mais sobre elas a seguir.

Phishing

Um dos primeiros tipos de ataque é o Phishing. O nome é conhecido por ser uma analogia com o termo em inglês “fishing” (“pescar”). A ideia é utilizar uma “isca” que finge ser algo legítimo para capturar a atenção da vítima e, assim, obter dados importantes dos negócios para ter vantagens indevidas.

Por exemplo, um hacker envia um e-mail fingindo ser uma comunicação oficial de uma empresa que tenha parceria com seu negócio e solicite informações relacionadas com dados financeiros (como dados bancários). Como a comunicação esteticamente semelhante a original, a pessoa pode, sem verificar anteriormente, acreditar que é algo oficial e, assim, repassar as informações nesta landing page e, assim, facilitar as ações dos criminosos.

Outra forma, também, é utilizar essa brecha para atuar com a instalação de malwares nos dispositivos. Para isso pode ser utilizado, por exemplo, para instalar um novo software que, na verdade, é uma ação intrusiva que pode trazer grandes danos para sua empresa (por exemplo, por meio da atuação de um ransomware).

Spoofing

Já outro tipo de ação é o Spoofing (palavra em inglês para “enganar”). É um ataque de falsificação no qual o cibercriminoso atua de forma a obter vantagem indevida em cima da vítima. Ele finge ser um contato confiável seu para obter a sua confiança e, assim, faz com que você acredite que aquela comunicação seja legítima.

A diferença dele para o Phishing é que o Spoofing utiliza a identidade de outra pessoa, enquanto o Phishing tem por objetivo atrair a vítima como isca, criando e-mails falsos que, muitas vezes, possuem uma oportunidade que parecem muito atrativa para o leitor e, assim, ele sente-se tentado a aproveitar aquele momento (ou, então, algo que soe muito urgente, como uma ação judicial).

Quais são as consequências desses golpes?

Esses ataques aos e-mails corporativos, normalmente, são uma forma de conseguir viabilizar outros tipos de ação que possuem alto potencial de danos para seu negócio. Vejamos mais sobre as principais e a extensão dos danos a seguir.

Ataques de Ransomware

Os ataques de Ransomware visam, por meio de um malware, criptografar os arquivos que estão dentro de um dispositivo ou, até mesmo, de um grande servidor. A extensão dos danos deste tipo de ataque é imensa, de forma que até mesmo os órgãos governamentais de vários países estão se unindo para decidir o que vão fazer em relação à situação. Então imagina os danos que se pode causar para sua empresa, não é mesmo?

Infecção de Malwares na rede corporativa

A partir dos ensinamentos de um e-mail com anexo malicioso é possível encontrar uma brecha de vulnerabilidade para que um malware consegui infectar a máquina. Nesse quesito os danos podem ser diversos: espionagem corporativa, fraude, inutilização e sequestro dos arquivos, entre uma série de outros danos que podem comprometer as atividades da empresa.

Obtenção de senhas e acessos empresariais

Uma ação no e-mail corporativo pode expor senhas e acessos empresariais. Por exemplo, um ataque de Spoofing fingindo ser uma liderança e utilizando uma plataforma semelhante à da sua empresa pode fazer com que o profissional passe informações importantes de e-mail e senha, permitindo que o hacker, sem qualquer ação intrusiva, tenha acesso aos dados da empresa.

Arquivos confidenciais e empresariais em mãos erradas

Ações como a que listamos acima mostram como arquivos de informações confidenciais e estratégicas para a empresa podem cair em mãos erradas e, assim, gerar prejuízos para sua empresa. Um espião corporativo pode, por meio do acesso aos arquivos, identificar o lançamento de um novo produto e vender as informações para o concorrente.

Além disso, a sua empresa pode sofrer com penalidades de infrações da Lei Geral de Proteção de Dados e abalo de sua imagem e reputação empresarial.

Como minimizar as ameaças ao e-mail corporativo?

Vamos ver a seguir quais são as principais medidas para minimizar ameaças ao e-mail corporativo e ajudar você neste quesito. São elas:

  • treine seus colaboradores para evitar falhas humanas;
  • tenha um bom filtro anti-spam;
  • tenha protocolos, medidas e ferramentas de proteção para que, caso algum problema aconteça, possa ser acionado rapidamente.
  • tenha o suporte de uma empresa especializada em suporte de ti para segurança da informação corporativa.

Como você viu, o treinamento é fundamental para evitar problemas e ameaças no e-mail corporativo. Por isso, esse é um ponto que você não pode deixar de atentar-se para o seu negócio e realizá-lo periodicamente.

Quer saber mais? Conte com o nosso treinamento disponibilizados para clientes Nasa de Suporte de TI para Empresas e Adequação à LGPD e potencialize a proteção dos dados da sua empresa! Entre em contato e saiba mais sobre essa possibilidade.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

1 Comentário

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Vamos fazer o seu projeto acontecer!

Para conversar sobre a sua empresa ou projeto, solicitar um orçamento e parcerias!

De acordo com a lei 12.965/2014 e 13.709/2018, autorizo a Nasa Tecnologia a enviar comunicações por e-mail ou qualquer outro meio informado e concordo com a sua política de privacidade.