Cat5e Cat6 ou Cat6A entenda como escolher

Cat5e Cat6 ou Cat6A: entenda como escolher!

Cat5e Cat6 ou Cat6A? Essa dúvida é muito comum atualmente, principalmente por conta de performance, velocidade e relação custo benefício.

Nessa escolha, é fundamental que você absorva o máximo de detalhes para a implementação, porque um erro, pode gerar alteração completa do cabeamento e gerar retrabalhos e custos dobrados.

Então vamos resolver essa demanda de uma vez por todas. Entenda as principais diferenças, o valor exato de cada classificação para os negócios e como escolher. Confira!

O que é cabeamento estruturado?

O cabeamento estruturado é um sistema padronizado de instalação de rede com objetivo de organizar a infraestrutura e otimizar o funcionamento de equipamentos e a conexão. Entre as principais vantagens, destacamos:

  • suporte a inovações tecnológicas;
  • velocidade de conexão; e
  • velocidade de processamento e armazenamento de dados.

Veremos à frente que uma das principais bases para essa implementação é o uso de cabos de rede como Cat5e Cat6 ou Cat6A. Esses elementos influenciarão diretamente na performance de uma infraestrutura de redes.

Por que o cabeamento estruturado é vital para a infraestrutura de redes?

Quando falamos em infraestrutura, há inúmeras justificativas para ter um bom projeto. A infraestrutura é a base para evolução do negócio, organização e layout prático e simples para manuseio, atualização ou mudança de local. Além disso, um cabeamento estruturado:

  • otimiza espaços;
  • promove um ambiente seguro e limpo; e
  • protege a empresa de acidentes, incêndios e outras situações indesejadas.

O que analisar para escolher o melhor cabo?

Uma empresa especializada tem a expertise necessária para distribuir o cabeamento de forma organizada e estratégica dentro de uma infraestrutura de redes. No entanto, a escolha de um cabeamento inadequado pode diminuir consideravelmente o potencial dessa instalação. Dessa forma, é fundamental que o decisor analise entre os principais aspectos de escolha de um cabo:

  • a performance;
  • a velocidade proposta;
  • o alcance; e
  • a relação custo benefício.

Entenda que não necessariamente o mais caro será o melhor para o seu projeto. Por isso, uma empresa de cabeamento estruturado especializada pode ser o caminho mais seguro para essa implementação. Veja agora alguns dos principais pontos de atenção para saber escolher cabos.

Além de requisitos de conectividade é importante considerar a Flamabilidade de Cabos de Rede: CMX , CM e LSZH que explicamos neste artigo.

Largura de Banda

A largura de banda ou bandwidth em inglês é uma característica importante de um cabeamento. Esse atributo refere-se à capacidade de transmissão de dados.

Um bandwidth interfere diretamente na velocidade, já que define a quantidade de dados transmitida ao mesmo tempo. Dessa forma, quanto maior a largura de banda, maior a velocidade e vice versa.

Diafonia

Já a diafonia, também conhecida como crosstalk em inglês, mede a interferência elétrica gerada pelo par trançado dentro de um mesmo cabo. Alguns dos efeitos perceptíveis aos usuários são ruídos audíveis e comprometimento da integridade de dados.

Frequência

Quanto maior a classificação da categoria do cabo, normalmente é maior a frequência. Esse elemento impacta diretamente na taxa de dados. Quanto maior a frequência, maior a taxa e vice versa.

Dessa forma, a frequência mede a capacidade da taxa de transferência de dados, além da capacidade de manter a efetividade, mesmo em situações de intercorrências.

Velocidade

A velocidade de um cabo reflete diretamente na performance de uma rede. Vale ressaltar, que essa velocidade não se refere à internet, mas à transmissão de dados na rede.

Ela pode variar, por exemplo, para o máximo em curtas distâncias em categorias de cabo mais baixas e atingir o limite mesmo em longas distâncias no caso de categorias mais altas como Cat6 para cima.

Alcance

Quanto mais alta a categoria, melhor o alcance. Essa característica é um dos principais pontos de atenção para escolha de cabos, porque se sua empresa não tem estações de trabalho muito distantes, provavelmente um cabo mais avançado não fará tanta diferença.

Por outro lado, empresas de grande porte conseguem uma mudança significativa no caso de implementação de cabos mais novos, já que o sinal é propagado com a mesma qualidade e eficiência mesmo em longas distâncias.

Blindagem

A função da blindagem de cabos é principalmente diminuir ou eliminar as interferências eletromagnéticas e garantir a máxima performance do cabeamento e dos equipamentos eletrônicos. Alguns dos problemas mais comuns de cabos com baixa blindagem são:

  • perdas de sinais;
  • erros em transmissões e análises de dados; e
  • problemas de segurança das instalações elétricas.

Custos

Logicamente que os custos são sempre um ponto de impacto para projetos corporativos. No entanto, os investimentos em infraestrutura nunca deixam de ser interessantes, ainda que o retorno venha em longo prazo. Obviamente que a versão Cat5e pode ser mais econômica, mas perder viabilidade em curto prazo.

Nesse aspecto, a maior barreira pode estar na implementação da versão mais avançada que é o Cat6A. Ainda assim, esse investimento pode ser útil por mais tempo e evitar upgrades em curto e médio prazo. Uma análise financeira mais minuciosa e focada pode ser interessante para determinar o aporte para essa implementação.

Infraestrutura atual

A infraestrutura atual também interfere diretamente na implementação de uma nova estrutura. Se você já utiliza cabeamento estruturado, a escolha de uma categoria mais alta de cabo pode ser suficiente.

No entanto, em cabeamentos não estruturados a avaliação deve ser muito mais precisa e detalhada para alteração dos cabos. Veremos à frente que é possível considerar apenas o cabeamento de servidores e backbones, mas isso deve ser bem avaliado.

Perspectiva de negócio

A perspectiva do negócio é outro elemento central para a escolha de um cabeamento mais avançado. Apesar de termos categorias mais acessíveis como o Cat5e, a compatibilidade com inovações pode ser bem mais complexa.

Implementação de tecnologias IoT, rede Wifi 6 e melhor adequação à LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) podem ser determinantes para a escolha de um cabeamento de ponta para permitir longevidade e competitividade para um negócio.

Por que Cat5e Cat6 ou Cat6A são os mais utilizados em projetos corporativos?

Entre as 8 categorias disponíveis até hoje, essas três são as mais difundidas para projetos empresariais por conta principalmente da relação custo benefício e de compatibilidade com equipamentos.

Essas 3 classificações foram desenvolvidas com foco em questões essenciais para desempenho de cabos que envolvem torções por polegada, blindagem e interferência eletromagnética. Acompanhe agora em detalhes cada uma delas.

Categoria 5e | CAT5e

Cabeamento Estruturado Categoria 5e | Cat5e
Cabo de Rede – Cat 5e

Cat5e significa category 5 enhanced ou categoria 5 melhorada. Essa classificação surgiu em 1999 e foi dada por conta do aprimoramento desse tipo de cabo em relação ao Cat5.

Todas as categorias anteriores: 1, 2, 3 e 4 não são mais recomendadas pela TIA (Telecommunications Industry Association). Por conta disso, só são fabricados novos produtos a partir da categoria 5.

O modelo Cat5e é uma versão melhorada em relação ao cabo anterior que é muito aplicado para instalações domésticas. Por conta disso, as características deste cabo favorecem instalações em infraestruturas de pequeno porte.

Performance

O Cat5e foi desenvolvido para oferecer uma velocidade 10 vezes superior ao seu antecessor com menor impacto em diafonia, mesmo em distâncias muito maiores. As bitolas retorcidas de 24 pares de fios são compatíveis com redes Gigabit e alcançam segmentos de até 100 metros de distância.

Por conta dessa distância, é possível aplicar cabos Cat5e em pequenos negócios, o que não ocorria na versão Cat5. Mas isso deve ser avaliado com cuidado. Caso você esteja iniciando a sua infraestrutura do zero, talvez seja melhor já optar por uma categoria superior, sendo sempre recomendável uma avaliação técnica para determinar as necessidades com mais precisão.

Velocidade

O cabeamento Cat5e foi desenvolvido para atingir velocidades de até 1000 Mbps em uma frequência de 100 MHz, mesmo a distâncias de até 100 metros. A proposta é ser 10 vezes mais rápido que o seu antecessor Cat5

Aplicação

Para upgrades, é necessário avaliar as reais necessidades de acordo com o porte da empresa. Em alguns casos, pode ser mais interessante manter o cabeamento com essa classificação.

Já em uma instalação totalmente nova, pode ser mais viável a próxima geração de Cat6, por conta da compatibilidade com as inovações do momento como veremos logo a seguir.

Categoria 6 | CAT6

Cabeamento Estruturado Categoria 6 | Cat 6
Cabo de Rede – Cat 6

O cabeamento Cat6 (Category 6 ou categoria 6 em português) é a 6º geração de cabos. Dando prosseguimento ao processo evolutivo, a nova proposta é entregar uma velocidade 10 vezes superior à do cabo anterior.

A partir dessa classificação, as empresas de médio e grande porte já conseguem uma infraestrutura de redes bem mais rápida e de longo alcance. A torção dos fios é maior em relação ao Cat5e, o que diminui as interferências eletromagnéticas e garante melhor performance.

Performance

Apesar dos mesmos 4 pares de cobre trançados do Cat5e, o Cat6 tem um sistema de isolamento que é determinante para reduzir interferências internas e externas. É realmente a opção intermediária entre Cat5e Cat6 ou Cat6A.

Velocidade

O cabeamento Cat6 foi desenvolvido para atingir velocidades de até 1 Gb/s, mesmo a distâncias de até 100 metros. Além disso, é possível atingir 10 Gb/s em distâncias de até 55 metros. Um diferencial importante em relação ao anterior é que o Cat6 pode trabalhar em frequências de até 250 MHz.

Aplicação

Como já citamos, a aplicação depende muito de uma avaliação mais técnica e detalhada. Em grande parte dos casos, uma implementação nova pode considerar essa classificação, no entanto, a próxima versão tem alguns diferenciais que podem se tornar estratégicos em curto e médio prazo.

Muito da pretensão tecnológica do negócio pode influenciar nessa escolha e levar o gestor a decidir pelo Cat6A e não pelo Cat6. Vejamos a seguir então o que a próxima versão oferece.

Categoria 6A | CAT6A

Cabeamento Estruturado Categoria 6A | Cat 6A
Cabo de Rede – Cat 6A

A classificação Cat6A significa Category 6 Augmented ou Categoria 6 Aumentada. A proposta é imprimir em uma mesma versão atributos fundamentais para ampliação do potencial para infraestruturas de rede.

Um dos diferenciais mais interessantes dessa classificação é que ela pode ser reconhecida como requisito estrutural para implementação de uma infraestrutura Wifi 6.

Performance

O cabo Cat6A entrega um valor excepcional para a performance dos negócios atuais. Principalmente se sua empresa tem caráter tecnológico, as implementações de inovações podem ser mais efetivas nesta versão.

O nylon é o material decisivo para que esse cabeamento seja mais forte, seguro e veloz. Além disso, esse modelo suporta melhor tecnologias de IoT que estão em desenvolvimento e afirmação no mercado.

Velocidade

A proposta do Cat6A é dobrar a velocidade do Cat6. Por isso, essa versão tem o dobro da largura de banda, atingindo taxas de transferência de até 10 Gbps, mesmo a 100 metros de distância.

Outro ponto de melhoria refere-se à frequência máxima que pode atingir 500 MHz. Todos esses atributos fazem dessa versão a escolha mais avançada e veloz para grandes negócios.

Aplicação

Por conta do alto custo, talvez seja interessante implementar o Cat6A apenas em cabeamentos de servidores, wifi- e backbones, deixando as demais instalações para o Cat6, no entanto, essa é mais uma decisão mais viável para uma empresa especializada nessa instalação.

Por outro lado, a aplicação dessa versão em toda a infraestrutura será vital para uma velocidade e performance totalmente compatível com as inovações do momento.

Outro tipos de cabeamento Cat7 e Cat8

Por conta de alto custo do cobre e redução do custo para fibras ópticas essas categorias ainda não são adotadas à nível comercial. Entretanto é importante mencionar a existência de tais categorias de cabo.

Diferenças entre os cabos ethernet CAT7 e CAT8. Fonte:  Mike Faucher
Diferenças entre os cabos ethernet CAT7 e CAT8. Fonte: Mike Faucher

Categoria 7 e 7A | CAT7 e CAT7A

A categoria 7 de cabos ethernet suporta 10Gbps a 600Mhz a uma distância de 100 metros, 40Gbps a 50 metros e incríveis 100Gbps a uma distância de 15 metros. A Categoria 7 atualmente não possui homologação na ANATEL para sua comercialização.

Cabeamento Estruturado Categoria 7 | Cat 7
Cabo de Rede – Cat 7 e 7A

Categoria 8 | CAT 8

Os cabos de rede cat8 trabalham na frequência de 2000 Mhz, conseguindo atingir até 40Gbps a uma distância de 30 metros.

Cabeamento Estruturado Categoria 8 | Cat 8
Cabo de Rede – Categoria 8 | Cat 8

Por que a Nasa Tecnologia é o caminho para o projeto ideal?

Vamos ao básico que toda empresa deve oferecer em um projeto de cabeamento estruturado: material de qualidade, equipe especializada e certificação de rede. Esses três elementos são cruciais para uma empresa profissional em infraestrutura de redes. Mas a Nasa Tecnologia decidiu ir além e conquistar os principais diferenciais competitivos para implementações de redes de excelência. Confira.

Equipe certificada PMP

O PMI (Project Management Institute) compartilha as melhores práticas de desenvolvimento de projetos em nível internacional. A certificação PMP (Project Management Professional) atesta alto nível de expertise para profissionais de gestão de projetos. Ou seja, sua infraestrutura de redes receberá tratamento reconhecido mundialmente para a melhor implementação.

Distribuidor Autorizado Furukawa

A Furukawa é uma das maiores empresas de cabeamento do mundo. Com material e tecnologia de ponta, a empresa é fornecedora de gigantes do mercado mundial e oferece garantia de 25 anos em seus produtos. O status de distribuidor autorizado reconhece a confiabilidade e a seriedade da empresa parceira em implementações de projeto de rede.

Se você observar bem, os principais pontos de atenção foram compartilhados neste post. A argumentação para o melhor projeto pode ser estruturada com base nesse estudo rápido e objetivo.

Calculadora de Projetos de Cabeamento Estruturado: Cat5e, Cat6 e Cat6A

Agora que você entendeu as diferenças entre os diversos tipos de cabeamento Cat5e, Cat6 e Cat6A, recomendamos a utilização da nossa Calculadora de Projetos de Cabeamento Estruturado para estimar o custo e sua decisão de cabeamento estruturado para a sua empresa.

Quer ter uma ideia mais precisa sobre um projeto profissional de cabeamento estruturado? Aproveite a oportunidade e faça um orçamento rápido de Cat5e Cat6 ou Cat6A!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

3 Comentários

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Vamos fazer o seu projeto acontecer!

Para conversar sobre a sua empresa ou projeto, solicitar um orçamento e parcerias!

De acordo com a lei 12.965/2014 e 13.709/2018, autorizo a Nasa Tecnologia a enviar comunicações por e-mail ou qualquer outro meio informado e concordo com a sua política de privacidade.