Cabo UTP - Cabeamento de Rede UTP

Guia Definitivo sobre Cabo UTP – Cabeamento de Redes UTP

Quando se trata de redes de computadores com cabo UTP, poucas coisas são tão importantes quanto compreender o cabeamento estruturado. Neste artigo, vamos dar uma olhada no cabo UTP — o que é, como usá-lo e alguns dos benefícios que ele oferece.

Ao entender o cabeamento UTP e suas capacidades, você pode garantir que sua rede funcione sem problemas e com eficiência. Portanto, sem mais delongas, vamos começar!

Origem do cabo UTP

O cabo UTP foi desenvolvido para superar as limitações dos cabos coaxiais, muito utilizado nos anos 90, que não eram flexíveis ou rápidos o suficiente para as exigências atuais de largura de banda elevada.

Para superar essas limitações, as empresas se uniram para desenvolver cabos Unshielded Twisted Pair (UTP). Eles são um fio mais leve e flexível que não requer aterramento e pode suportar velocidades de até 250 MHz em princípio — projetados para redes Ethernet rápidas com uma largura e banda média a princípio de 100Mbps que foram evoluindo.

Para que serve o Cabo UTP

Ao longo dos anos, o cabeamento UTP tem sido usado para transmitir dados de voz. Entretanto, com vários avanços na tecnologia, ele agora é considerado uma solução ideal também para estações de trabalho.

Em uma era em que todos nós estamos nos tornando mais dependentes da tecnologia, é importante garantir que seu equipamento possa se comunicar adequadamente.

Isto significa garantir que tanto o envio quanto o recebimento de cada informação não apenas funcionem como pretendido, mas também durem mais do que o esperado!

Através da utilização de Cabos UTP, uma rede é capaz de resistir a crosstalk (interferência eletromagnética que ocorre entre duas partes dentro de cabos de par trançado).

Isso torna esses cabos em particularmente recomendados quando você precisa de instalar vários pontos de rede. Isto porque eles são muito mais baratos do que os antigos cabos coaxiais.

Como funciona o Cabo UTP

O cabo UTP é uma ótima maneira de manter sua transmissão de dados protegida contra interferências e ruídos externos. Este tipo de cabeamento tem quatro pares (ou mais) torcidos juntamente que criam um campo eletromagnético que reduz a chance de você experimentar qualquer problema de ruído ao enviar informações através das redes.

Categorias de cabos UTP

Os diferentes tipos de cabos UTP são organizados em categorias de acordo com suas características físicas e lógicas, com novas gerações surgindo à medida que a tecnologia avança.

Cabo UTP Categoria 1 | Cat 1: 

Estes cabos telefônicos tradicionais foram usados nos anos 90 e só podiam transportar voz.

Cabo UTP Categoria 2 | Cat2: 

4 Mbps é a capacidade de transmissão para este tipo de rede utilizada no início das redes Ethernet.

Cabo UTP Categoria 3 | Cat3: 

A categoria 3 é uma categoria do primeiro tipo desenvolvida para redes de computadores de até 10Mbps, com uma taxa de transmissão máxima de 16MHZ. O processo de padronização pelo cabeamento estruturado também começou nesta era assim como a utilização da Internet pelas pessoas se popularizou.

Cabo UTP Categoria 4 | Cat4: 

Os pares torcidos da categoria 4 permitiram a transmissão de dados até 20MHz e com velocidades de 16 Mbps.

Cabo UTP Categoria 5 | Cat5: 

Os cabos UTP categoria 5 foram uma revolução em termos de modernidade. Eles podem transmitir em frequência de até 100 MHz e transferir dados a velocidades a impressionantes 100Mbps para epóca.

Cabo UTP Categoria 5e | Cat5e:

O uso de cabos UTP Cat5e permitiu a transmissão de dados de até 1 Gbps em distância de até 100 metros. Sua performance de proteção ao crosstalk foram melhoradas em relação àquelas encontradas em versões mais antigas.

Cat5e é um tipo de cabo de rede que tem se mantido popular por mais de 10 anos. O Cat5e ainda é amplamente utilizado em muitas casas e empresas em 2022.

Cabo UTP Categoria 6 | Cat6:

O cabeamento UTP Cat6 pode atingir velocidades de até 1 Gbps em distâncias de até 100 metros. Além disso, o Cat6 pode suportar velocidades de 10 Gbps em distâncias de até 55 metros. Esta é uma grande melhoria em relação ao seu predecessor, o Cat5e, que só suportava velocidades de até 1 Gb/s.

Além disso, o cabo Cat6 UTP por trabalhar em frequências de 250MHz é melhor que o cabo Cat5e UTP porque ele não tem tantos erros de transmissão. Isto significa que sua conexão será mais rápida e mais eficiente, até 100 metros nos mesmo 1 Gbps.

Cabo UTP Categoria 6A | Cat6A: 

A classificação Cat6A significa Category 6 Augmented ou Categoria 6 Aumentada. A proposta é melhorar atributos fundamentais para ampliação do potencial para infraestruturas de rede.

A proposta do Cat6A é dobrar a velocidade do Cat6. Por isso, essa versão tem o dobro da largura de banda, atingindo taxas de transferência de até 10 Gbps a 100 metros de distância.

Um dos diferenciais mais interessantes dessa classificação é que ela pode ser reconhecida como requisito estrutural para implementação de uma infraestrutura Wifi 6.

Cabo FTP Categoria 7 | Cat7

Os cabos de categoria 7 são os primeiros de seu tipo. Eles permitem frequências de até 600 MHz, e foram projetados com blindagem para cada par ou fio a fim de garantir a máxima proteção contra interferências externas.

No entanto, a nova tecnologia ainda não chegou ao Brasil; a recusa da Anatel em fazer a sua homologação fica entre este avanço (e tudo o mais) até o momento.

Como o Cat7 possui blindagem interna, inerente a sua fabricação, eles não são cabos UTP e sim, cabos de rede FTP. Veremos mais a seguir:

Cabos de Rede Blindados

Existem diferentes tipos de blindagem para cabos, dependendo do ambiente em que serão utilizados. A fim de evitar interferências eletromagnéticas (EMI), os cabos blindados possuem uma trança metálica ou folha de metal ao redor do condutor isolado. Esta blindagem impede que o ruído de outros dispositivos eletrônicos entre ou saia do cabo, o que pode causar corrupção de dados ou do sistema.

Nas aplicações de comunicação de dados os cabos x/y TP são classificados quanto a suas características construtivas onde o x ou y podem ser:

  • – Unshielded – cabos sem blindagem;
  • F – Foiled – cabos com blindagem em folha metalizada;
  • S – Screened – cabos com blindagem em malha metálica;

A variável x representa a blindagem do cabo como um todo enquanto o y representa a blindagem interna entre os pares.

Assim, quando falamos de cabos UTP, estamos nos referindo a cabos sem a blindagem interna

Saiba tudo sobre cabos blindados em: Cabo de Rede Blindado: Tudo o que você precisa saber

Cabos UTPs quanto a flamabilidade

A flamabilidade de cabos de rede é uma séria preocupação de segurança que deve ser levada em consideração ao escolher o tipo certo de cabo para as suas necessidades.

A ideia do teste de flamabilidade é verificar a resistência de materiais à base de polímeros à chama ou radiação. Em outras palavras, os cabos de rede precisam ter um revestimento forte o suficiente para lidar com situações de incêndio no prédio.

A NBR 14705/2001 diz respeito à “Classificação dos cabos internos para telecomunicações quanto ao comportamento frente às chamas”. Esta norma fala de forma específica os critérios relacionados ao tipo de cabo a ser utilizado em instalações de Cabeamento Estruturado.

A instalação de cabos UTPs precisa seguir a Norma Brasileira e Internacional. Para cada tipo de aplicação deverão ser utilizados cabos com capa específicas também.

  • CMX: Cabos destinados a instalações residenciais, com menor concentração de cabos e sem fluxo de ar forçado. A exposição do cabo não deve ultrapassar 3 m;
  • CM: Instalações horizontais com grande ocupação e sem fluxo de ar forçado;
  • CMR (riser): Instalações verticais em “shafts” prediais. Também para instalações em prédio que possuem mais de um andar, sem fluxo de ar forçado;
  • CMP (plenum): Em locais fechados, aplicação horizontal, com ou sem fluxo de ar forçado, locais confinados ou dutos de ar condicionado, por exemplo;
  • LSZH: Aplicações tanto horizontais quanto verticais, com ambientes que possuem grande circulação e concentração de pessoas;
  • Furukawa Nasa Green LSZH: Cabos de locais com grande circulação e contração de pessoas, como teatros, cinemas, restaurantes e rodoviárias. O foco neste tipo de instalação é a sustentabilidade.

Saiba tudo sobre flamabilidade de cabos de rede em: Flamabilidade de Cabos de Rede: CMX , CM e LSZH

Cabeamento Estruturado UTP para a sua Empresa

A demanda por serviços de conectividade aumenta dia a dia e a Nasa Tecnologia prevê tecnologias aplicadas às mais atuais soluções de Cabeamento Estruturado em todo o Brasil.

A Nasa Tecnologia é uma empresa brasiliense fundada em 2017 que se destaca no país como líder de mercado em Cabeamento Estruturado. Nosso Propósito é ajudar empresas a trabalharem com Velocidade, Segurança e Inteligência.

Com a Nasa Tecnologia, você pode obter uma infraestrutura de alta disponibilidade, com velocidade para transmitir grandes quantidades de dados, centralizada e inteligente gestão.

Tecnologia sustentável é o nosso negócio!

Quer um parceiro para realizar a instalação de cabeamento de redes UTP em sua empresa com garantia de qualidade e sucesso? Fale com nossos especialistas, será um prazer atendê-lo!

Solicite seu orçamento e descubra porque somos referência em cabeamento de estruturado de redes. Aqui você encontra uma equipe com serviço de alto nível que a sua empresa merece que esperam seu contato para melhor atender-lhe.

Outros artigos que podem ajudar a sua Empresa:

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Vamos fazer o seu projeto acontecer!

Para conversar sobre a sua empresa ou projeto, solicitar um orçamento e parcerias!

De acordo com a lei 12.965/2014 e 13.709/2018, autorizo a Nasa Tecnologia a enviar comunicações por e-mail ou qualquer outro meio informado e concordo com a sua política de privacidade.